16/07/2011

SONHOS QUENTES E DELIRANTES DE UM CORRUPTALHO

43 comentários:

Joseph Lemos disse...

Afinal confirma-se que nem só o putedo é uma das ferramentas da bandidagem porkista dos super- dragays e seus apoiantes.Está provado onde há putedo fervilha a peneleiragem.
Aliás, a confirmação nem era necessária, bastará analisar os comentários de auto-promoção da paneleiragem corrupto-provinciana que aqui se apresenta.

Força sakana,rebenta com a escória porkista-putedo-apaneleirada.

Pulpus Vermelhius disse...

Ó Joseph!...apetece-te algo.

O dito leva dois segundo a tirar o avental.

Enquanto desces as calças, o tarolo já está na 1ª sondagem.

Baixa a Tola disse...

Com as mãos assim atrás da nuca é só dar umas palmadinhas e baixar um pouco a tola.

Anónimo disse...

esse velho tem mesmo ar de pedófilo tarado sexual

Sakana disse...

Ó Joseph tu tens razão, os gajos só gostam de falar de onde sentem mais comichão...ihihihihi...será que estão todos apaixonados pelo treinador....sakanagem!!! ihihih...

Anónimo disse...

Antes de chamarem provincianos, às gentes do Norte, olhem bem ao espelho...

Cambada de saloios acéfalos, armados em metropolitanos!!!

Urbanidade, é algo que desconhecem, o conceito...

O Jorge Jesus, é o vosso perfeito arquétipo, não passam de imitações baratas, desse expoente da parolice e acefalia.

Bando de saloios, lavem a vossa boca conspurcada, antes de mencionarem, as Mui Nobres Gentes do Norte.

É por estas, e, por outras, que os meus antepassados e conterraneos, NUNCA deveriam ter passado o Mondego.

Vocês tem muito mais afinidade, com o Norte de Áfirca (geneticamente, usos e costumes, etc.) do que com a Europa!!!

ANTES QUE ME ESQUEÇA, vocês fazem demasiadas alusões à homossexualidade, para quem se diz hetero!!!

A homofobia, é a forma mais torcida, de sair do armário...

Assumam-se de uma vez.


P.S. o porto, não é o Norte!!!



VITÓRIA SEMPRE, ATÉ DEPOIS DA MORTE

VANDALOS 94 / GATE 12

Juris disse...

Estes sarracenos inundados de saloiísse de pregão de couves.

Com tanta dor de corno, ficam pasmados na litigância do seu complexo de inferioridade.

Aproveitam o áudio-visual do regime falido para fazerem propaganda da sua inércia balofa, insultando aqueles que eles sabem (a dor de corno é essa) serem mais competentes e que tem vindo a sustentar toda esta corja de bando de energúmenos.

Sakana disse...

ihihihi...vejam só...até os intelectualóides apaixonados pelo treinador sentem comichão...ihihih...
basta apontar a fruta predileta para sairem do armário...ihihihih....

Anónimo disse...

Ó Joseph Lemos, já que nos mostras a tua foto, fala-nos um pouco de ti. Tu que já eras nascido quando o Benfica ganhou a Taça dos Campeões Europeus em 1961, sentes-te frustrado por veres esse patético clubezeco não ganhar absolutamente NADA a nível internacional há MEIO-SÉCULO? De quem tens mais saudades, do Eusébio, do Calabote ou do Salazar? Qual dos três faz mais falta ao clube fascista? O que sentiste nesta última década, quando viste o FC Porto vencer QUATRO títulos internacionais, sabendo que o Benfica está há mais de 20 anos sem sequer pôr os pés numa final europeia?

Anónimo disse...

O Benfica é um clube fraquíssimo que, na falta de argumentos desportivos, sustenta a sua imagem de grandeza apenas no número de adeptos que ainda mantém e na propaganda que dele é feita pelos jornais lisboetas em nome dos lobbies económicos da capital.
Na prática, há muito que o clube da Luz deixou de justificar os milhões de euros que muitos portugueses insistem em gastar com ele, na esperança de ressuscitar uma época de glória há muito desaparecida. Esquecem-se que tal glória só foi possível graças ao suporte de um regime político totalitário que viu no SLB uma ferramenta de aglutinação das massas em torno dos ideais fascistas.
Para que Portugal cresça e se desenvolva, é necessário que os portugueses rompam com as mentalidades do passado. Só valorizando aquilo que efectivamente temos de maior valor no nosso país poderemos chegar a um nível competitivo que nos permita fazer frente aos países adversários. Nessa perspectiva, um clube que se mostra incapaz de proporcionar retorno financeiro e desportivo das muitas dezenas de milhões de euros que o país nele investe anualmente, não pode, obviamente, continuar a ser visto como merecedor de confiança.

Anónimo disse...

Este blog está atafulhado de rabetas e aprendizes de cacilheiro, portanto qual é a novidade de sonharem com o pilas.
Ó anónimo das 19:16, vai simplesmente para o caralho e já agora engole a merda que escrevinhas. É que a diarreia mental também tem limites e ninguém tem que ler trampa como essa. Recolhe ao curral, monte de merda.


Mestre P.

O Porto é o maior, carago! disse...

O anónimo da 20:52 dá mostras de ter ficado muito enervado com o que eu escrevi, mas a verdade é que o seu discurso recheado de insultos e agressões verbais acabam por ser a maior prova de que não possui argumentos para contrariar os factos que eu apontei.
É um facto que o Benfica está prestes a completar MEIO-SÉCULO sem ganhar absolutamente nenhum troféu internacional e há mais de 20 anos que nem sequer chega a uma final europeia. Por esse motivo, para a maior parte dos adeptos benfiquistas jovens, que torcem pelo clube lisboeta por influência dos pais e não por iniciativa ou decisão própria, a violência física e verbal a que recorrem não passa de um extravasar da frustração que sentem por terem passado a sua vida a ver o clube que adoptaram sem ganhar absolutamente NADA.
A decisão de mudar está nas mãos de cada um de nós. Portugal não precisa de um imenso rebanho de 6 milhões de carneiros que torcem por um clube da capital cujo valor é claramente inflacionado pela máquina propagandista da comunicação social lisboeta e que só serve para encher os bolsos dos caciques de Lisboa à custa da ingenuidade de um povo atrasado. os portugueses têm de ganhar coragem para adquirir personalidade própria e libertar-se dos tiques fascistas do passado.

Anónimo disse...

Caro corrupto de merda, rebanho é o de meia dúzia de imbecis que lambém o cú ao peidoso-mor e se vangloriam com os títulos comprados no Canal Caveira e na marisqueira de Matosinhos. Conversa dessa é a vossa, mas nós ganhamos em campo e vocês nas putas do varão.
Facto é que vocês GANHAM OS TÍTULOS EM TODO O LADO MENOS ONDE DEVERIA SER, em CAMPO.
Facto é que o SL BENFICA era fascista, mas vocês é que tinham um presidente ligado à PIDE.
Queres que Portugal vá para a frente? Então podes começar por limpar a merda dentro do teu clube, pôr na cadeia os corruptos e chulos que gravitam nesse clubezeco. Questionem de onde vem o dinheiro do corrupto-mor para comprar acções, ou é demais para a vossa cabeçinha? Apartir daí cheirava melhor, compreendes e escusavam de dizer merda, para fingir que ganham algo seriamente.
Não te preocupes também com as nossas crianças, pois quando se vê um Madureira a educar uma criança está tudo dito. Irá para a MAFIA da noite, para chulo, ou será apenas um simples criminoso dos sd?
Cura-te pá, és triste.

Mestre P.

Sakana disse...

ihihihi...que gozo ver a merdalhada corruptalha toda irritadiça... e a desviar o assunto para o outro lado como quem não quer a coisa... ihihihihi... esperem só para a próxima o que estou a preparar... ihihihihi... até se vão enrabar uns aos outros... porra, o grande problema é que me deixam a casa empestada... mas logo passa com o spray baratuco da loja dos chineses...ihiihihihi...

O Porto é o maior, carago! disse...

Quando o anónimo fala nas vitórias do Benfica "dentro do campo" deve estar a referir-se aos torneios de Verão, já que, como qualquer pessoa com dois olhos na cara e dois dedos de testa pode perceber, todas as vitórias oficiais do SLB nos últimos anos ficaram manchadas pela suspeita.
Há sete épocas atrás, os portugueses assistiram incrédulos ao desenrolar de um dos campeonatos de futebol mais viciados de que há memória no nosso país. A "liga Estorilgate" ou o “campeonato da vergonha”, como muitos lhe chamaram, envolveu todo o tipo de artimanhas para levar o SL Benfica ao título, desde a inscrição irregular de jogadores na Liga graças à preciosa colaboração de “cunhas” leais à causa benfiquista, passando por vários processos sumaríssimos aplicados a dedo aos jogadores do FC Porto e por uma sequência de arbitragens escandalosas (quem não se recorda ainda da célebre “piscinada do Karadas”, um dos penalties mais patéticos a que alguma vez tivemos a oportunidade de assistir e que mereceu um lugar de honra no anedotário dos erros de arbitragem), culminando naquela que foi a maior obscenidade ocorrida em Portugal desde a célebre arbitragem de Inocêncio Calabote: o jogo realizado no Algarve entre o SLB e o Estoril-Praia que, apesar de todos os contornos de suspeição que o rodearam, das denúncias públicas do treinador estorilista sobre os jantares realizados no Sapo e da prestação de informações falsas à CMVM por parte do José Veiga relativamente aos 37% de acções da SAD estorilista que detinha, nunca foi alvo de qualquer investigação por parte das autoridades portuguesas. A bem da nação, os portugueses tiveram de calar a revolta e assistir impotentes a esta pouca-vergonha, mas não a esqueceram.
Mais recentemente, tivemos o tristemente célebre "campeonato dos túneis", no qual o Benfica foi, mais uma vez, levado ao colo por uma máfia instalada no seio da Liga, da qual se destaca Ricardo Costa, um cão amestrado do Vieira, que, com base numa interpretação viciada dos regulamentos, manipulou descaradamente o livre desenrolar da competição, fragilizando as equipas adversárias através da aplicação de castigos a dedo. Ah, e pelo meio ainda tivemos a "Lucílio Cup", uma das mais descaradas manipulações da verdade desportiva protagonizada por um árbitro na história do futebol português.
Fora isto, o que sobra? NADA! O Benfica propagandeia uma falsa imagem de grandeza baseada no número de adeptos que ainda vai conseguindo manter, enquanto envergonha Portugal deixando-se golear por colossos mundiais como o Hapoel de Telaviv e o Olimpiakos.
O clube lisboeta está prestes a completar MEIO-SÉCULO sem ganhar absolutamente NADA a nível internacional e está há mais de VINTE ANOS sem chegar sequer a uma final europeia, demonstrando assim que não passa de um gigante de pés de barro, uma fraude desportiva fabricada pela corrupta imprensa lisboeta para consumo interno.

O Porto é o maior, carago! disse...

Eu simpatizo com o SL Benfica enquanto instituição desportiva pelo seu longo historial em prol do desporto português, respeito o clube pela boa imagem de Portugal que transmitiu além fronteiras nos seus tempos áureos e admiro-o pelo que fez em benefício de muitas gerações de jovens desportistas. Digo isto com a mesma frontalidade com que assumo a minha mais completa repulsa por esse verdadeiro cancro da sociedade portuguesa que é o benfiquismo.
A esmagadora maioria dos benfiquistas são pessoas que nasceram em cidades de menor dimensão ou em vilas e aldeias de Portugal e que, por uma questão de vergonha ou de falta de orgulho no pouco que possuem, optam pelo caminho fácil de se dizerem adeptos do Benfica, convencidos de que isso lhes atribui um estatuto superior de forma cómoda e sem esforço. Ser benfiquista representa assim a intenção medíocre de lucrar sem trabalho, a auto-promoção social à custa dos louros alheios, a incompetência e a preguiça para lutar pelo desenvolvimento e crescimento daquilo que é verdadeiramente seu. Não admira, portanto, que os benfiquistas sejam, entre os adeptos dos três clubes grandes, aqueles que mais uso fazem de epítetos extraordinários e espampanantes com que se referem ao seu clube: o “Glorioso”, “o Colosso”, o “Maior do Mundo”, o "Clube dos 6 milhões", etc. Tudo isto faz parte do show-off montado em torno do Benfica, um cenário de grandeza fictícia que serve para alimentar os egos dos benfiquistas na sua pretensão de se auto-promoverem à custa do clube lisboeta.
Também não admira que os benfiquistas reajam de forma tão agressiva, por vezes fanática, sempre que o Benfica é criticado ou alvo de uma qualquer acusação, por mais fundamentada e legítima que esta seja. Na verdade, não é o facto do clube em si ser atacado que origina essa reacção intempestiva e desmesurada, pois a sua relação com o clube é extremamente distante. É, isso sim, o facto de sentirem que a crítica ou a acusação põe em causa a sua própria imagem enquanto benfiquistas, essa imagem que adoptaram para auto-promoção, transformando assim aquilo que não deveria passar de um assunto do foro futebolístico numa questão pessoal, um ataque à sua própria pessoa.
Na sua esmagadora maioria, os benfiquistas vivem a centenas de quilómetros de Lisboa e passam as suas vidas sem nunca porem os pés no Estádio da Luz, algo que contraria frontalmente aquilo que se entende por ser adepto.
É evidente que esta estratégia de auto-promoção fácil nem sempre funciona como se espera, principalmente porque existem outros portugueses que não se deixam enveredar por este “carneirismo” e que teimam em defender e desenvolver os clubes das suas próprias cidades, impedindo assim que o Benfica consiga concretizar as conquistas desportivas que permitiriam fundamentar os epítetos e a imagem de grandeza fictícia criada em torno de si. Além disso, apesar do show-off que tanto gostam de alimentar, os benfiquistas mais jovens nunca viram o Benfica vencer nenhuma competição internacional, nunca sentiram a emoção de festejar nas ruas da sua cidade a conquista de uma Liga dos Campeões Europeus, não conhecem o orgulho de ver o seu clube atingir o topo do futebol mundial ganhando uma Taça Intercontinental. Os feitos gloriosos do passado longínquo são-lhes transmitidos por relatos na terceira pessoa e por imagens a preto e branco. Pelo contrário, os adeptos rivais da mesma idade já festejaram, por esta altura das suas vidas, vários troféus internacionais. Este facto choca frontalmente com a sua versão de “Glorioso”, “Colosso” e “Maior do Mundo”, suscitando invejas, frustrações e ódios que, por sua vez, originam a segunda influência mais nefasta do benfiquismo na sociedade portuguesa: a desvalorização do mérito alheio e a responsabilização de terceiros pelos erros próprios em absurdas e infantis teorias de conspiração.

Anónimo disse...

Caro carago, alguém se interessa pelas suas simpatias. Vá dar banho ao cão, ou melhor, vá trabalhar, que estou farto de subsidiar calões como você.
Você devia era fazer a história do clube da fruta e das putas e deixar o SL BENFICA para historiadores de créditos firmados. Sabe, lá por dizer uma mentira várias vezes não se torna verdade.
E se pensa que leio isso que você mete para aí, está muito enganado. Li as duas 1ªs e quando vi que era trampa deixei-me disso, pois não gasto tempo com gentinha sem cérebro.
Passe bem, para esse peditório já eu perdi tempo que me é escasso.

Mestre P.

O Porto é o maior, carago! disse...

Por falar em clube da fruta...

Já era bem conhecida de todos nós uma célebre entrevista dada pelo antigo árbitro britânico Howard King a um jornal inglês na qual confessa ter recebido ofertas de prostitutas de vários clubes europeus, incluindo Barcelona, Ajax, PSV, Hamburgo, Bayern, Sporting e Benfica. A determinada altura da sua entrevista, o sr. King afirma mesmo que uma das mais escandalosas propostas que recebeu verificou-se em Lisboa, em 1984, antes de um importante encontro entre o Sporting e o Dínamo de Minsk, e relata o que sucedeu:

«Nessa noite levaram-me a um clube, em Lisboa, onde se encontravam muitas raparigas das mais belas e bonitas. O fulano que me acompanhava disse: "Escolha!". Eu respondi que não compreendia o que aquilo significava, mas ele esclareceu. E eu, claro, escolhi uma loira, alta, a mais bela mulher que vi em toda a minha vida.» E não hesita em acrescentar: «As coisas em Lisboa eram boas em demasia!»

Ora, não é apenas Howard King que tem motivos para recordar com saudade as visitas à capital portuguesa. A propósito da recente eliminatória da Liga Europa disputada entre o Benfica e o Marselha, António Boronha , antigo presidente do Farense e ex-vice presidente da FPF, publicou no seu blogue um texto intitulado "Estórias da bola quarenta e um", no qual relata um curioso episódio vivido na primeira pessoa. Os factos reportam-se a um outro Benfica-Marselha, ocorrido em 1990, que ficou célebre pelo golo marcado com a mão de Vata que valeria a vitória na partida e o apuramento para a final da Liga dos Campeões. Diz o antigo dirigente o seguinte:

«Fui convidado para assistir ao prélio, acompanhado de um v/p do meu clube, Luís Baptista (mais tarde presidente da arbitragem), no camarote presidencial do Benfica. Remeteram-nos para a zona dos não afectos às cores da casa onde desfrutei da companhia do então presidente do Sporting, José de Sousa Cintra, e meia dúzia de pessoas ligadas ao Marselha. (…)
Festejei, moderadamente, o golo de Vata no meio da enorme euforia que se vivia naquelas paragens, excepção feita aos “franciús” e...ao Zé Sousa Cintra que arrepanhava os (poucos) cabelos que tinha, perguntando-se “como é que tinha sido possível tamanha injustiça?!!!»

A parte mais interessante vem a seguir:

Teminado o jogo, eu e o Luís resolvemos ir à “baixa” comer qualquer coisa
tendo durante o percurso ouvido no rádio do carro que o golo do Benfica tinha
sido marcado com a mão. (…)
Terminado o repasto, zarpámos para “lavar a vista” e beber um “whisquinho” no (onde é que poderia ser?) “Elefante Branco”. E quem lá estava, para além de uma enorme multidão? A equipa de arbitragem chefiada por Langenhove, César Correia e Alder Dante, que os acompanhavam, e dois funcionários do Benfica, sendo um deles...loura e bonitinha...»

Não é difícil perceber que esta funcionária do Benfica, loura e bonitinha como descreve António Boronha, devia ser uma das "relações púbicas", perdão, "relações públicas" do clube da Luz, responsáveis por assegurar o bem-estar dos árbitros estrangeiros durante as suas estadias no nosso país. E também não é difícil perceber que o árbitro Van Langenhove e seus colegas de equipa terão levado, tal como Howard King, boas recordações de Lisboa. Mas isto, obviamente, são testemunhos que não interessa divulgar aos paladinos da verdade desportiva da nossa capital do império ultramarino.

Anónimo disse...

Ó O Porto é o maior, carago!, não tens blogs corruptos onde possas aldrabar? Ou pensas que nós somos todos como os teus amigos corruptos e vamos nas tuas cantigas?
Tu, tal como os restantes andrades corruptos, não foram paridos, foram cagados!!!

Anónimo disse...

Este anónimo está a ficar muito nervoso, não tarda nada pendura-se pelo pescoço. Acho piada a estes "sakanas" que gostam de "sakanear" os outros mas perdem facilmente o controlo mental quando são confrontados com algumas realidades incómodas que recusam admitir.

P.S. Não concordo com tudo o que escreve, mas dou os parabéns ao Porto é o maior carago pela forma como manifesta as suas opiniões sem recorrer ao insulto básico e rasca que normalmente é apanágio dos que por aqui costumam comentar.

Anónimo disse...

Em qualquer lugar, porto é merda!
Em qualquer lugar, porto é merda!
Em qualquer lugar, porto é merda!
Em qualquer lugar, porco é merda!
Em qualquer lugar, porco é merda!
Em qualquer lugar, porco é merda!
Em qualquer lugar, porco é merda!

Anónimo disse...

Se quisesse ler literatura de cordel, lia o carago, onde a futilidade, brejeirice e imundice impéra. Como leio mais Tolstoi, Eco, Kundera, ao 1º parágrafo do carago, vi que não navegava em águas límpidas, mas na habitual literatura corrupta, tão à moda do corrupto mor e como tal fechei o "livro".
É uma questão de sanidade mental. É que quem escreve daquilo, só mostra o seu estado mental e a coisa já está na última. Nem o Júlio de Matos o salva.

Danyro disse...

Olá bom dia sou administrador dum blog de humor http://cincos.blogspot.com e queria saber da possibilidade de fazermos parceira e publicidade. Que acham da proposta? Cumprimentos Danyro

Anónimo disse...

Os benfiquistas refugiam-se num mundo que é só deles, no qual se alimenta a ilusão de uma grandeza há muito perdida e se inventam bodes expiatórios para a incompetência e mediocridade do clube da Luz. A integridade desse mundo irrealista depende da tenacidade com que os adeptos se defendem da confrontação com a verdade.
A sua recusa em ler os textos do Porto é o maior carago, ao mesmo tempo que recorre ao insulto básico e à provocação gratuita, é reveladora de uma mentalidade fanática e doentia que não contribui para um clima saudável de discussão futebolística, mas antes conduz à violência. Infelizmente, parece ser essa a essência da participação neste blogue, não apenas sua, mas de todos os benfiquistas que por aqui comentam.

Plastro disse...

Em qualquer lugar, benfica é... merda!
Em qualquer lugar, benfica é... merda!
Em qualquer lugar, benfica é... merda!
Em qualquer lugar, porco preto é.. merda!
Em qualquer lugar, porco preto é.. merda!
Em qualquer lugar, porco preto é.. merda!
Em qualquer lugar, porco preto é.. merda

CONCLUSÃO: sempre a descer as calças e a serem enrrabados por qualquer zé ninguém.

Anónimo disse...

Já que gostam tanto de gozar com os outros, então vejam este adepto do gayfica a festejar a vitória na taça da liga em cuecas:

http://youtu.be/qL_i98cTScQ

Não sei o que será pior, se a figurinha que o paneleiro está a fazer na rua com as cuecas enfiadas no cu ou o amigo a dar-lhe uma palmadinha no rabo. E só ganharam a taça da liga, que faria se tivessem ganho alguma coisa de jeito...

Anónimo disse...

faziam um comboio e enrabavam-se uns aos outros no marques de pombal com o joseh lemos a fazer de locomotiva LOL!!!

Anónimo disse...

ó porto é o maior ve lá se te calas poruqe eu sou de Lisboa e não torço por essa merda que é o gayfica, tás a perceber? A maioria dos meus amigos e familia torcem pelo Sporting ou pelo Belem e os poucos que são gayfiquistas fascistas de merda são uns cromos que estão sempre alevar uma tanga do caralho

Anónimo disse...

Lá veio a "vara" completa a correr. Ai estes corruptos...

Anónimo disse...

Adoro os filósofos corruptos e quando estes se sentem em apuros vêem logo as osgas submissas mostrar o seu apoio.
Caro anónimo das 19:21, eu sou do gayfica, mas a tua mãe gritou por mais e isso diz tudo de nós. Quanto a vocês seus falidos, enrabem-se nas cadeiras coloridas, já que a assistência séria fica em casa. Para ver miséria, sai mais barato ver pela tv.

Anónimo disse...

VIVA O BENFICARALHO!

Anónimo disse...

Anónimo das 20:45; esse cérebro foi o máximo que deu. Até uma formiga conseguia melhor.

Anónimo disse...

Tanto interesse dos corruptos neste blog... EHEHHEHEH

Anónimo disse...

Osga submissa é a puta da tua mãe ó gayfiquista de merda! deves pensar que toda a gente é saloia como tu para acreditar nessas tretas do gayfica!
Entre o pinto da bosta e o vieira venha o diabo e escolha, porquistas e gayfiquistas é tudo farinha do mesmo saco!
Vocês armam-se em anjinhos mas já toda a gente vos tirou a pinta! Não festejas-te quando o ricardinho bosta fodeu o braga para vos dar o campeonato dos túneis? não festejas-te quando o filho da ganda puta do lucílio cabrão baptista gamou a taça da liga ao Sorting para a dar de bandeija ao gayfica? não festejas-te quando o gayfica foi jogar pro algarve com as putas do veiga? então se festejas os gamanços do teu clube não tens moral nenhuma para falar, não passas de um verme sem coluna vertebral!

Anónimo disse...

Cara osga submissa do "Sorting", és um gajo mesmo retardado, ao nível de um "sortinguista".
Não passas de uma máquina de repetição de estupidez dos corruptos e como osga submissa, lá estás a dar trela a essa gente.
Campeonato dos túneis só se fôr de vento, que é o que essa cabecinha tem, vento e apenas vento.
Não tiraste a tinta, tem é tinta para fingir que tem gente no wc.
De gamanço entendem bem vocês osgas submissas, o campeonato do penalty e das piscinadas é todo vosso. João Pinto atira-se para o chão e o Jardel marca o penalty.

Anónimo disse...

Por aqui se ve como vocês são todos muito sérios, como foi o gayfica a ganhar já foi tudo muito limpo e transparente não é? Toda a gente viu a podridão que esse campeonato foi, roubalheira total a favor das gaylinhas graças ao ricardinho bosta. Eu tinhavergonha de ganhar assim só tenho pena que nao metam essa estrumeira do vieira e seus lacaios na cadeia, mais o lucilio cabrao batista que gamou o Sporting com aquele penalty que nem na área foi. Disso não vos interessa falar, ide pro caralho

Anónimo disse...

Anónimo das 23:31; simplesmente, VAI "PÓ" CARALHO, junto com o que escrevinhas. Essa conversa é tudo treta, mas vocês adoram mentir, pois é o vosso modo de estar. Vão lamber o cu do pcosta, que é o que gostam de fazer suas osgas submissas.
Enquanto não declararem independência aos corruptos, são uma merda de clube, onde só repetem o que lhes mandam dizer e fazer.
Cresçam pá, sejam homens. Deveriam destilar esse ódio era em quem rouba de verdade à 30 anos, em vez das conversas da treta que repetem sem conta, esperando que repetindo se torne verdade.
A tripeirada ri à grande com vocês, fazem de vocês o que querem e ficam sempre mal na história, mas o SLB é que é o mau da fita.
Mas vocês têm o que merecem ao se juntarem aos corruptos, ex: ficam sem o moutinho, sem kléber, djalma, etc.

Anónimo disse...

mentiroso és tu gayfiquista de merda! O lucício cabrão inventou um penalty a vosso favor que não existiu e ainda por cima foi um lance fora da area.
sempre que o vieira consegue meter o seus lacaios na liga é roubalheira à descarada, os maiores roubos dasta decada foram todos a favordo gayfica, clube de merda e de frustrados que só sabem insuktar os outros.
Porquistas e gayfiquistas é tudo farinha do mesmo saco, Ladrões do caralho, metirosos corruptos, é o que vocês são todos

Anónimo disse...

o moutinho foi embora porque queria sair e o pintinho pagou bem por ele, negocio é negocio não ha nada a lamentar. Não queremos cá jogadores contrariados que é o que o gayfica tem aos montes, todos querem dar o salto para os clubes grandes europeus. Preocupa-te mais com o dinehrio que o vieira mete ao bolso sempre que o gayfica contrata um jogador ou tu pensa que o gajo chegou á lista dos 10 mais ricos de Portugal a vender peneus, deixa de ser burro caralho, nem com a pj a entrar-te pela casa dentro tu abres os olhos

Anónimo disse...

És mesmo reles.Então foi bom negócio para o scp o moutinho e perder vários jogadores pagando mais? São mesmo umas osgas submissas.
Já agora, deixe-me corrigir a sua burrice; não é "peneus" seu imbecil, é pneus.
Fechei a loja apartir de agora; zurre o que quiser. Resposta, nenhuma.

Mestre P.

Anónimo disse...

Ó Mestre Panasca tu deves acahar que escreves muito bem deves ter uma licenciatura em escrita de blogue, cá para mim foste colega do inginheiro socrates na independente LOL!
O moutinho rendeu 11 milhões de euros e foi embora porque só cá estava a meter nojo, por mim acho bem, negocio é negocio e o resto é letra. os outros jogadores não vieram porque ilfelismente o nosso presidente tem pouca credibilidade a negociar e o pintinho é raposa velha e sabe levar a agua ao seu moinho. é como este puto brasileiro danilo ou lá comos e chama que a bola já dizia que ia para o slbosta e foi para o porco, porque será???? o vieira bem foi ao brazil busca-lo mas veio de mãos abanar e com um biqueiro no cu

Anónimo disse...

até me ademira que o vieira não tenha mandado os ciganos ao aeroporto esperar o danilo pra lhe dar um estalo no focinho que é como fez a máfia do gayfica com o frangueto.

Anónimo disse...

Ademira não, seu burro, é admira. Para além de pensar que ser gay é gostar de gajas, não consegue escrevinhar uma frase, sem erros grosseiros.